Os nossos contactos

Endereço Postal

APT 856
8125-911 Vilamoura
Algarve - Portugal

Telefone (+351) 289 303 280
Fax (+351) 289 303 288

colegiodevilamoura@civ.pt

Sustentabilidade, solidariedade, saúde e ciência marcam trabalhos de investigação de alunos finalistas

Os alunos finalistas apresentaram a semana passada os seus projetos de investigação a uma plateia composta por docentes e alunos de ensino secundário. Os alunos investiram em projetos que se associam à sustentabilidade, à solidariedade, à saúde e à ciência como motor para perceber o Homem e o mundo.

Gustavo Guerreiro trouxe até aos seus pares a "Construção de uma bobine Tesla". A transmissão de energia sem cabo permitiu aos presentes assistir à comunicação inteligente entre a música veiculada por um PC e o ritmo de luminescência registado, bem como ao acender de uma lâmpada apenas por aproximação à bobine.

Beatriz Oliveira e Samuel Ricardo cruzaram ambições – a arquitetura ‘verde’ e um ginásio em "Saúde, Bem-Estar e Arquitetura sustentável”. O ginásio Smart Fit será concebido à luz das mais modernas técnicas arquitetónicas eco (telhado verde com aproveitamento de águas pluviais, vidros de alto desempenho e painéis fotovoltaicos), situa-se na Quinta do lago e promete atrair os interessados em reduzir a sua pegada enquanto praticam desporto.

Bárbara Sousa e Matilde Teixeira idealizaram uma empresa que congrega duas áreas de interesse: a Gestão e a Medicina através de uma clínica-escola. "Economia da Saúde e a UE: The Hearth is where the Health is” é um projeto com um leque de áreas de intervenção verdadeiramente vasto.

Já André Martins trouxe a público o seu projeto na área da "Biomimética", fazendo uma ponte entre as maravilhosas características patentes na natureza e como estas podem revolucionar o mundo em várias áreas. O aluno abordou desde o design das aeronaves, inspirado nas aves de rapina, acabando na reprodução das características da pele de tubarão como forma de travar as bactérias multirresistentes existentes, por exemplo, na indústria da saúde.

Madalena Brito e Raquel Príncipe aplicaram os princípios do storytelling empresarial para nos contar o que é o ADN através da culinária. Confuso? Não. Os presentes ficaram a saber quais os fatores capazes de mudar o ADN e de que fatores externos estão dependentes essas mudanças. “Epigenética” tentou explicar ainda como as marcas epigenéticas passam de geração em geração.

Em "Igualdade de Género: ‘Equality4LL’”, Chloé Gombo apresentou uma organização que promove a igualdade de género e que tem numerosas frentes de combate na área social.

Vicente Cavaco apresentou o seu trabalho na área da "Ciência do Direito: uma Europa (des)unida?". O aluno mostra-se preocupado pelo facto de a Europa “não estar a conseguir impor-se como potência mundial”. Entre muita análise estatística para compreender como se caracterizavam as economias entre países e que políticas da UE apoiavam o seu estudo de caso, o aluno chegou a um conjunto de medidas de segurança a adotar. “É preciso diminuir os riscos de carência de recursos, descentralizar as fontes de recurso e ter controlo sobre a rede logística, começando a centralizar a produção em países da UE”.

Os alunos reiteraram o grau de exigência para a preparação destes trabalhos e alertaram os seus colegas. “Comecem a preparar-se”, aconselhou Gustavo. “E não tenham medo de escolher um tema ‘fora da caixa’. Desafiem-se”, acrescentou Madalena. Cidália Ferreira Bicho reiterou as palavras da coordenadora de ensino secundário, Rosário Quintas, reforçando a importância de olhar o mundo de forma holística, no qual o conhecimento e o cruzamento de sinergias são um dos muitos caminhos para a paz. 

A cerimónia contou ainda com a entrega dos diplomas de colaboração com a associação de estudantes - SRC (Students Representative Council) e com a despedida às turmas, que enfrentam agora um novo desafio académico.