Os nossos contactos

Endereço Postal

APT 856
8125-911 Vilamoura
Algarve - Portugal

Telefone (+351) 289 303 280
Fax (+351) 289 303 288

colegiodevilamoura@civ.pt
Critérios de Seleção

Programa Eramus+ Educação e Formação Ação Chave 1 (KA1) – Ensino Escolar

Mobilidade individual para fins de aprendizagem

Projeto «Internacionalizar para aprender»

 Critérios de Seleção


No âmbito do seu Plano de Desenvolvimento Europeu, o projeto ERASMUS + do Colégio Internacional de Vilamoura «Internacionalizar para aprender» foram aprovadas seis mobilidades.

A realização de mobilidade individual para fins de aprendizagem enquadra-se no Plano de Desenvolvimento Europeu do Colégio Internacional de Vilamoura (CIV) que tem, sucintamente, as seguintes metas:

  1. Melhorar os níveis de educação, a médio e longo prazo, e desenvolver ações que permitam adquirir competências centradas nos alunos e para os alunos;  
  2. Promover o processo de internacionalização do CIV e da dimensão europeia do seu Projeto Educativo através da formação de alianças de partilha de boas práticas, privilegiando o trabalho em networking;
  3. Apoiar o desenvolvimento de projetos transnacionais que promovam a cidadania europeia e o desenvolvimento de competências multilinguísticas;
  4. Dotar os candidatos de novas competências com vista à inovação e melhoria da qualidade do processo de ensino aprendizagem, valorizando a sua formação contínua;
  5. Desenvolver a identidade europeia e a diversidade cultural;
  6. Promover o sucesso educativo dos nossos alunos.

 

A coordenação das atividades e projetos de mobilidade é da competência do Gabinete de Apoio a Projetos Internacionais sob a responsabilidade da Diretora Pedagógica Cidália Bicho e das professoras Ana Proença e Hélia Covas.

A execução dos atos financeiros dos processos e apoios financeiros inerentes a cada mobilidade é da responsabilidade da Direção Financeira, em articulação com o Gabinete de Projetos Internacionais.

Foram aprovadas pela Agência Nacional Erasmus seis atividades de mobilidade individual para fins de aprendizagem nos seguintes domínios:

  • School management e leadership
  • Otimização e inovação no âmbito das TIC e robótica (novas metodologias e ferramentas)
  • Revolução no ensino das línguas não maternas, como o inglês, com uma forte componente CLIL

 

Todos os docentes do CIV podem candidatar-se às mobilidades, se assim o entenderem.  Para tal terão que preencher um formulário online que estará acessível em: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdF1iiZ15NaL55x9r_rmIyM5nABddYXsTDv-bhjS2X6fVsXMQ/viewform

 

Na ficha de candidatura irão constar os seguintes elementos:

  1. Nome;
  2. Tempo de serviço;
  3. Área de ensino (grupo/disciplina)
  4. Área de atividade a que se candidata e país de destino;
  5. Domínio da língua estrangeira necessária para a frequência da formação;
  6. Formação na área e/ou trabalho desenvolvido, na área da atividade a que se candidata, no CIV;
  7. Aceitação do compromisso de replicar a formação e disseminar os resultados no CIV e/ou Centro de Formação da Associação de Escolas do Litoral à Serra; 
  8. Aplicação no CIV do conhecimento / metodologia que irá desenvolver no curso estruturado a que se candidata;
  9. Informação que considere relevante para a apreciação da candidatura

 

A seleção dos candidatos resulta da aplicação dos critérios e é da responsabilidade do Gabinete de Projetos Internacionais;

 

Seleção e seriação dos candidatos à mobilidade:

 Tendo em conta os pontos anteriores, aplicar-se-ão sequencialmente os seguintes critérios de seleção:

  1. Vínculo ao Colégio Internacional de Vilamoura – o pessoal docente pertencente ao quadro de nomeação definitiva terá primazia sobre os restantes.
  2. Relevância da formação e atividades de disseminação para o sucesso do projeto.
  3. Motivação do candidato para a realização de atividades de preparação (antes da mobilidade) e disseminação (após mobilidade).
  4. Domínio do Inglês ou outra língua que seja necessária à frequência da mobilidade.
  5. Representatividade de vários grupos disciplinares / ciclos de ensino.
  6. Integração de tecnologias de comunicação e informação na sua prática letiva.
  7. Participação em cursos estruturados pela primeira vez.

 

A divulgação da seriação dos candidatos será feita por email e por afixação de lista no Gabinete de Projetos Internacionais.

 

As situações que venham a ocorrer e que não estejam previstas no presente documento serão submetidas à decisão da Direção Pedagógica.